PIX completa três meses; confira novas funcionalidades para 2021

Em novembro de 2020, o Banco Central colocou em funcionamento seu novo método de pagamento instantâneo que colocaria em risco os tradicionais DOC e TED. O sistema denominado PIX caiu no gosto da população e completou três meses de funcionamento nesta semana. Acompanhando o sucesso da ferramenta, o Banco Central apresentou novidades que devem chegar ao PIX ainda este ano.

Segundo o Banco Central, dentre as novidades estão as movimentações com a tecnologia em conta salário, integração do meio de pagamento com a lista de contatos de usuários em seus smartphones, sistema de saque de dinheiro e o PIX por aproximação, para pagamento sem contato via NFC.

Leia mais no OLHAR DIGITAL