Japão planeja criar e lançar 1º satélite de madeira do mundo

Os planos de criação de um satélite de madeira foram anunciados em uma cerimônia de plantação de sementes, das quais devem crescer árvores para a fabricação do veículo espacial, informa Nikkei Asia.

Segundo os desenvolvedores, o recipiente de madeira não bloqueia as ondas eletromagnéticas nem o campo magnético terrestre, o que permite simplificar a instalação de antenas e outros mecanismos sensíveis no satélite.

Além disso, quando deixar a órbita e começar a cair na Terra, pegará fogo por completo nas camadas densas da atmosfera, sem emitir substâncias nocivas e sem poluir a superfície do planeta com detritos.
Os idealizadores do projeto esperam seguir desenvolvendo tecnologias para o uso de madeira em condições extremas a fim de reduzir o custo de produção e minimizar o dano ambiental.

E não é tudo. Sumitomo Forestry deseja construir um arranha-céu de madeira de 70 andares em 2041.(com agência Sputnik Brasil)

[tradução] Sumitomo Forestry propõe um arranha-céu híbrido de 70 andares para assinalar o 350º aniversário da empresa em 2041.

Chamada W350, a ambiciosa torre seria quase quatro vezes maior do que o prédio de madeira mais alto do mundo