Bolsonaro se reúne com Regina Duarte e ministro do Turismo 

O presidente Jair Bolsonaro tem uma reunião marcada com Regina Duarte, secretária da Cultura, e Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo, nesta quarta-feira (6), em Brasília. O encontro consta na agenda oficial do presidente divulgada em seu site.

A reunião acontece um dia após o governo reconduzir o maestro Dante Mantovani para a presidência da Funarte (Fundação Nacional de Artes) e, horas depois, anular a nomeação. Mantovani ficou famoso por causa de um vídeo em que associou o rock ao satanismo.

Assim como a secretaria comandada por Regina, a Funarte é vinculada ao Ministério do Turismo.

No mesmo dia em que Regina assumiu a Secretaria da Cultura, em março deste ano, Mantovani foi exonerado do cargo em que estava havia três meses — a presidência da Funarte. Na ocasião, quem assinou a exoneração foi Braga Netto, ministro chefe da Casa Civil.

A nomeação de Mantovani (depois revogada) desta segunda-feira (5) foi feita sem o conhecimento de Regina. Segundo apuração do blog da Andréia Sadi, Regina disse a aliados que “não entendeu” a nomeação.

Com informações do G1

–:–/–:–

Governo reconduz Mantovani para presidência da Funarte e, em seguida, anula nomeação

Desde antes de aceitar o cargo, Regina vem sofrendo ataques da ala ideológica do governo. Recentemente, o próprio Bolsonaro passou a reclamar da secretária. Semana passada, ao ser questionado se a ex-atriz sairia do governo, o presidente respondeu: “Infelizmente, a Regina está em São Paulo, está trabalhando pela internet ali. E eu quero que ela esteja mais próxima. É uma excelente pessoa, um bom quadro”, disse.

A assessoria de Regina afirma que ela voltou a despachar em Brasília.

A revista Crusoé divulgou na internet um áudio de Regina Duarte com uma assessora. Nele, a assessora afirma que o outro nome já teria sido indicado para substituí-la, e Regina se mostra surpresa com a informação.

Assessora: Eu só acho o seguinte: qualquer decisão que você tomar, você vai falar olho no olho desse cara. O Edir Macedo indicou para ele um sujeito chamado Igor.

Regina Duarte: Então, assim, eles estão decidindo. Táá decidido.

Assessora: Não sei, não sei.

Regina Duarte: Que loucura isso, que loucura. Eu acho que ele está me dispensando.