AVALIAÇÃO PESSIMISTA: Presidente da Câmara dos Deputados diz que leilão da cessão onerosa frustrou expectativa de Congresso, prefeitos e governadores. Confira na coluna JPM desta quarta-feira(6)

AUSÊNCIA DO SETOR PRIVADO
Apesar  da grande  expectativa, o  megaleilão do pré-sal, realizado nesta quarta-feira (06), garantiu uma arrecadação de R$ 69,96 bilhões. O leilão foi marcado pela falta de disputa e pelo protagonismo da Petrobras. Das quatro áreas oferecidas na Rodada de Licitações do Excedente da Cessão Onerosa, duas foram arrematadas e duas não atraíram interessados.Se todos os blocos fossem arrematados, a arrecadação chegaria a R$ 106,5 bilhões. De qualquer forma, trata-se do maior valor já levantado no mundo em um leilão do setor de petróleo, em termos de pagamento de bônus de assinatura , ou seja o valor que as empresas pagam pelo direito de exploração).
POLÍTICOS  FRUSTRADOS
O primeiro a se manifestar foi o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ. Ele  afirmou que a participação de empresas estrangeiras no megaleilão  frustrou as expectativas do Congresso –que se esforçou para aprovar proposta relacionada ao tema–, de governadores e de prefeitos, ansiosos por sua fatia de recursos com o leilão.

RESULTADO

O consórcio Petrobras/CNODC/CNOOC arrematou  o bloco de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos, mas não houve outra oferta pelo bloco, no qual a Petrobras será operadora com 90% de participação. Em outro bloco, Itapu, apenas a estatal fez oferta, em um desdobramento decepcionante para o megaleilão do pré-sal.   “A nossa expectativa é que as quatro áreas pudessem ter sido vendidas, mas infelizmente faltou interesse do setor privado. É ruim”, avaliou Maia

Em entrevista  à Folha de S.Paulo que “pobres consomem tudo” e não poupam, o ministro da Economia, Paulo Guedes, demonstra não conhecer o Brasil distante dos gabinetes da Esplanada. Basta conferir os últimos dados do IBGE, divulgados há menos de 15 dias, para confrontar a frase infeliz do “posto Ipiranga” do presidente Bolsonaro.

OS POBRES DO BRASIL

Conforme Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua, o 1% da população mais rica, grupo que reúne apenas 2,1 milhões de cidadãos, teve, em 2018, rendimento médio mensal de R$ 27.744. Na outra ponta, os 50% mais pobres – mais de 100 milhões – só ganharam R$ 820 por mês. E mais: os 30% mais pobres do País, cerca de 60 milhões, tiveram seu rendimento médio mensal reduzido, em alguns casos, em até 3,2%.

MAIS UM PROGRAMA

O Ministério da Cidadania lançou hoje (6) o programa Vida Saudável na modalidade Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa.A iniciativa reúne dois projetos da pasta: o Vida Saudável, da Secretaria Especial do Esporte, e a Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa, da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social. A expectativa é que as ações cheguem a até 460 municípios.

ECONOMIA

A produção de veículos cresceu 16,6% em outubro, com a fabricação de 288,5 mil unidades. Segundo o balanço divulgado hoje (6) pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), o número representa uma elevação de 9,6% em comparação a outubro de 2018. Nos primeiros dez meses do ano, foram produzidos 2,55 milhões de veículos, um aumento de 3,6% em relação aos 2,46 milhões fabricados de janeiro a outubro do ano passado

AGENDA INTERNACIONAL

Para debater temas políticos e econômicos, o presidente Jair Bolsonaro receberá o presidente da China, Xi Jinping, na manhã de 13 de novembroquarta-feira, no Palácio do Itamaraty. À tarde, no mesmo dia, no Palácio do Planalto, ele receberá  os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, e da África do Sul, Cyril Ramaphosa, e o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi.

DIPLOMATA NO BURITI

O vice-governador do Distrito Federal, Paco Britto, recebeu o embaixador de Cuba no Brasil, Rolando Antonio Gómez Gonzáles, na manhã desta quarta-feira (6), no gabinete do Palácio do Buriti.

HAVANA NA PAUTA

O diplomata tratou, durante a visita de cortesia, de vários assuntos, como intercâmbios culturais e econômicos, e aproveitou para convidar os representantes do GDF para o aniversário de 500 anos de Havana (capital cubana), no dia 16.

FILOSOFIA DE LULA

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva Lula não está convencido de que o STF (Supremo Tribunal Federal) pode decidir, nesta quinta-feira (07), vetar prisões após condenação em segunda instância, o que permitiria que ele fosse colocado em liberdade. “Nunca conte com a clara antes de a galinha botar o ovo”, tem dito o petista a pessoas que o visitam na prisão.

DEPOIMENTO SILENCIOSO

Na quarta-feira (06), segundo informações da colunista Mônica Bergamo, Lula acordou às 7h com policiais federais na porta da sala onde está preso, em Curitiba (PR). Eles queriam ouvi-lo na Operação Alaska, que apura se a JBS fez doações ilícitas de R$ 40 milhões a políticos na campanha eleitoral de 2014. Orientado por advogados, o petista não depôs

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *