PREVISÃO: Pacote de reformas deve enfrentar dificuldades no Congresso Nacional. Confira outras informações na coluna JPM desta terça-feira(5)

DEFESA DE GUEDES
Mesmo diante da possibilidade da proposta  não ser avaliada ainda em 2019, o ministros da Economia, Paulo Gudes , destacou que a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do pacto federativo deve promover transferência entre R$ 400 bilhões e R$ 500 bilhões a Estados e municípios nos próximos 15 anos. Segundo ele, os recursos serão direcionados aos entes para que possam aplicar em saúde, educação, saneamento e segurança, “tudo que o presidente, durante a campanha, propôs”, disse.
OTIMISMOAs declarações foram dadas ao lado do presidente da República, Jair Bolsonaro, na entrega, por ambos, da proposta ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), no gabinete da presidência da Casa.

SERVIDORES EM ALERTA

Já a reforma administrativa deve ficar para esta quarta-feira(6) na Câmara dos Deputados. A intenção é mexer na estrutura das carreiras do funcionalismo público e deve restringir a estabilidade dos servidores a algumas carreiras de Estado e exigir mais tempo (10 anos) até que esse direito seja conquistado.

JUSTIFICATIVA

O argumento do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, é no sentido de que , que o pedido de demissão de sua equipe feito pelo general da reserva Maynard Santa Rosa não foi motivado por um “dossiê” ou outro tipo de conflito. Segundo o ministro, trocas são “naturais”.

DEMISSÃO NATURAL

“Mantive todos na equipe ao assumir. Natural que ajustes ocorram”, afirmou.O general da reserva Santa Rosa pediu demissão , do comando da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), órgão subordinado a Jorge Oliveira.

ALVOS DA PF

Os senadores do MDB Eduardo Braga (AM) e Renan Calheiros (AL) foram intimados a prestar esclarecimentos à Polícia Federal na manhã de hoje (5).Em nota divulgada pela defesa de Eduardo Braga, os advogados José Alberto Simonetti e Fabiano Silveira esclareceram que o parlamentar recebeu esta manhã uma solicitação do delegado Bernardo Amaral para prestar esclarecimentos no inquérito 4707 (Supremo Tribunal Federal) e que o senador já fez contato para ajustar a data do depoimento

RENAN NA MIRA

Já a assessoria de imprensa do senador Renan Calheiros informou que  ele recebeu um mesmo delegado da Polícia Federal em sua residência para entregar intimação de depoimento no mesmo inquérito de Braga. “O senador afirmou que está à disposição e que é o maior interessado no esclarecimento dos fatos”, diz nota dos assessores de Renan.

ECONOMIA

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) estima que a economia deve ter apresentado crescimento no terceiro trimestre e pode acelerar nos períodos seguintes.É o que diz a ata da última reunião do Copom, divulgada hoje (5), em Brasília. No último dia 30, o comitê reduziu a taxa básica de juros, a Selic, para 5% ao ano, com corte de 0,5 ponto percentual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *