AMBIENTE POLÍTICO: STF retoma 2ª instância esta semana e ministro Toffoli-enfrenta-pressões-para-voto-decisivo, Confira outras informações na coluna JPM desta segunda-feira(4)

PODEROSO

O  Ministro Dias Toffoli, presidente do Tribunal  ainda não sinalizou qual orientação deverá seguir nesta quinta-feira (7) quando o Supremo  pode finalizar o julgamento sobre a prisão em segunda instância. Até o momento, o placar está em 4 a 3 a favor da detenção em segundo grau de Justiça. Ainda faltam quatro votos, mas o decisivo será o do ministro Em Brasilia,  as votações de assuntos polêmicos têm gerado uma série de pressões sobre o Tribunal.

SONHO DE BOLSONARO

Em entrevista ao programa Domingo Espetacular, da TV Record, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que há “80% de chance” de ele deixar o PSL e “90%” de criar um novo partido. Ele argumentou  que “paga a conta sobre qualquer desvio de terceiros” no PSL.“O meu sonho é criar um partido, podemos coletar assinaturas de forma eletrônica, até março eu teria um partido e, com quase uns 6 mil municípios, talvez umas 200 candidaturas pelo Brasil. Eu teria como escolher, de fato, quem concorreria para aquela prefeitura”, declarou

IDEIA VELHA

Com a proximidade das  campanhas eleitorais ressurge a ideia da criação de mais estados. Parlamentares alegam, por exemplo, que o Pará é maior do que a França. O problema não é o tamanho da área territorial, mas a falta de recursos. Um novo Estado exige fortes investimentos de dinheiro que não existe.Nas eleições às prefeituras e câmaras municipais, partidos de oposição vão se concentrar em críticas ao governo

MORDOMIA

A semana começou com  fortes ruídos políticos. Está ganhando muita repercussão o fato de  deputados federais do PSL  terem contrataram com dinheiro público da Câmara escritórios de advocacia que também prestam serviços para eles próprios em causas particulares. Conforme levantamento feito pelo  jornal Estado de São Paulo, foram identificados 19 escritórios de advocacia contratados por esses congressistas com recursos da cota parlamentar, 11 são compostos por advogados que atuam ou já atuaram em causas privadas dos deputados.

ABSURDO

A cota parlamentar, mensal, varia de R$ 39.503,61 a R$ 44.632,46, dependendo do estado dos deputados. Eles contratam os serviços e depois apresentam notas à Câmara, para serem reembolsados. Podem pagar por advogados para prestar consultoria jurídica apenas relacionada às suas atividades no Congresso.

PREVISÃO

Mais novidades na esfera federal. O secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Paulo Uebel, afirmou hoje que a apresentação da reforma administrativa do governo Jair Bolsonaro será feita do meio para o fim deste semana.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *