Após fechar fronteira com o Brasil, Venezuela bloqueia pontes que dão acesso à Colômbia

A vice-presidente da Venezuela, Delcy Rodríguez, anunciou neste sábado o fechamento temporário das pontes Simón Bolívar, Unión e Sandander, na fronteira do país com a Colômbia. As pontes são os três principais pontos de conexão terrestre entre a Venezuela e a Colômbia.

A decisão foi tomada após o governo Nicolás Maduro fechar a fronteira com o Brasil em Roraima na noite de quinta-feira, a dois dias da data marcada pela oposição venezuelana para a entrega de ajuda humanitária retida em diferentes pontos da divisa do país com o Brasil e a Colômbia, prevista para este sábado.

Apesar do fechamento, o chanceler brasileiro, Ernesto Araújo, viajou a Pacaraima (RR) para acompanhar o deslocamento da ajuda humanitária retida no Brasil até a fronteira.

“O Governo Bolivariano informa a população que, devido às sérias e ilegais ameaças intencionadas pelo Governo da Golômbia contra A Paz e a soberania da Venezuela, tomou a decisão de fechar total e temporariamente as pontes Simón Bolívar, Santander e Unión”, publicou Rodríguez no Twitter, em post compartilhado pela conta oficial de Maduro.

“Quando forem controladas as grosseiras ações de violência contra nosso povo e nosso território, será restabelecida a normalidade fronteiriça”, acrescentou.

Fonte: BBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *