Temer sanciona reajuste para o STF e Fux revoga auxílio-moradia

O presidente Michel Temer sancionou nesta segunda-feira (26) o reajuste dos salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Com aumento de 16,38%, a remuneração dos ministros passará de 33,7 mil reais para 39 mil reais e terá impacto direto nas contas do próximo governo.

Assim que o atual presidente aprovou o aumento, o ministro Luiz Fux revogou liminar que garantia pagamento de auxílio-moradia para juízes, integrantes do Ministério Público, Defensorias Públicas e tribunais de contas. O benefício atualmente pago a juízes de todo o país é de cerca de 4 mil reais.

A suspensão, no entanto, só entra em vigor quando o reajuste do Judiciário constar no contracheque dos ministros.

Por Exame

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *