Carlos Bezerra assegura R$ 671 mil para comunidade quilombola de Mata Cavalo

 

 

A comunidade quilombola de Mata Cavalo, localizada no município de Nossa Senhora do Livramento (MT) foi contemplada com R$ 671.487,60 conquistados pelo deputado Carlos Bezerra (MDB), junto ao Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária).

O diretor de Obtenção de Terras e Implantação de Projetos de Assentamento do Incra, Clóvis Cardoso, disse que os recursos serão aplicados no pagamento de uma área de 436,65 hectares desmembrados de cinco fazendas da região.

O repasse do recurso foi anunciado hoje (24) durante a 14ª reunião da Mesa Nacional de Acompanhamento da Política de Regularização Fundiária Quilombola.

O evento foi realizado na comunidade Engenho II, localizada no território quilombola Kalunga, no município de Cavalcante (GO), cerca de 500 km ao norte de Goiânia e 300 km de Brasília. Kalunga foi uma das primeiras comunidades quilombolas reconhecidas no País.

Para o deputado Carlos Bezerra, que tem como uma de suas principais bandeiras de luta a definitiva posse legal da terra para comunidades de pequenos agricultores, a liberação do recurso corrige, em parte, uma injustiça, já que a comunidade de Mata Cavalo vive há muitos anos em insegurança.

Mata Cavalo abriga aproximadamente 500 famílias, que desde sua origem vivem em litígio judicial e luta pela preservação de suas propriedades. Os moradores cultivam, em mutirão, a batata-doce, banana, arroz, feijão, mandioca, milho e cana-de-açúcar, entre outras.(Da Assessoria)