Carpegiani pede Flamengo mais ‘intenso’ na Libertadores e define Jonas como titular

Em alta na temporada, o Flamengo tem conseguido se manter invicto após oito jogos disputados no Campeonato Carioca, somando a Taça Guanabara e sua estreia na Taça Rio. Mas, para o técnico Paulo César Carpegiani, o time ainda não está no ponto ideal para as partidas da Libertadores.

Foto: Torcedores

Para o técnico do Flamengo, o desempenho de seus jogadores tem sido satisfatório sob o ponto de vista de entrosamento e de resultados. Entretanto, ele cobra mais intensidade para jogos da fase de grupos da Libertadores da América, devido à exigência da competição.

“A exigência na Libertadores será maior, assim como a nossa responsabilidade. Temos uma equipe técnica, podemos ter um pouco mais de dificuldade, mas o adversário também terá”, comentou Carpé.

Com a ausência de Cuéllar nos próximos jogos, incluindo a estreia rubro-negra na Libertadores, contra o River Plate-ARG, Carpegiani garante já ter definido Jonas como substituto na posição de titular à frente da zaga.

“Com relação ao meio, a confiança é inteira e o desempenho tem sido satisfatório. O Cuéllar vinha em uma sequência, fazendo uma função diferente do ano passado. O Jonas entrou bem e estou satisfeito. (…) É preciso um aperto maior, o que não tivemos (contra o Madureira) por conta da pouca exigência. Acredito em uma equipe mais competitiva na quarta”, explicou o técnico.

O provável time titular do Flamengo para estrear na Libertadores é: Diego Alves; Pará (Rodinei), Réver, Juan (Rhodolfo) e Renê; Jonas, Diego, Lucas Paquetá, Éverton Ribeiro e Éverton; Henrique Dourado.

Por Torcedores