Rádio de MT recebe autorização para usar o formato FM

Foto: MCTIC Flickr

Nesta quarta-feira (06), o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) realizou a Cerimônia de Migração das Rádios AM para FM, onde foram entregues novos certificados de migração para 58 emissoras radiofônicas de todo o Brasil.

Dentre as autoridades presentes no encontro estavam o ministro Gilberto Kassab, Flávio Lara Rezende representando o Grupo Bandeirantes de Rádio, empresários do setor radiofônico de todo o Brasil, como Álvaro Augusto representante da Radio Regional da região médio-norte de Mato Grosso.

Durante entrevista ao término da cerimonia o ministro Kassab enfatizou as melhorias que as migrações podem proporcionar para o setor de Rádio Comunicação de todo o Brasil.  Segundo ele, “os benefícios são inúmeros e dentre eles está: a redução do custeio que as empresas radiofônicas têm atualmente, a contratação de mais profissionais, melhoria da programação, a diminuição de interferências sonoras que acontecem com frequência no formato AM. Este é um jogo no qual todos ganham” destacou.

Foto: MCTIC Flickr

Para Flávio Lara Rezende, a mudança é uma porta de saída para crise que as rádios do formato AM enfrentam. Segundo Rezende “A migração salva as rádios AM, pois essas rádios no Brasil estavam completamente mortas. A tendência era de desaparecer”, defendeu o presidente da Bandeirantes. Rezende ainda disse que as rádios terão melhorias na qualidade, com a migração. “Essas rádios voltam a ter voltam a ter vida, elas passam a operar com qualidade infinitamente superior, e principalmente ela passa a ter possibilidade de voltar a ter uma vida financeira saudável. ”

Representando a Rádio Regional, o mato-grossense Álvaro Augusto, explicou que esse é um ganho para todos os

Foto: Mário Benisti

ouvintes de Mato Grosso porque o modelo AM “chega ao ouvinte com qualidade abaixo do ideal, além de receber muitas interferências no som”, acredita.  Segundo o mato-grossense, “ao migrar para o formato FM, vão acontecer melhorias no setor, pois irá melhorar a qualidade do áudio, que consequentemente fomenta o mercado com a geração de mais emprego”, enfatizou o empresário.

Números do setor radiofônico

Durante pronunciamento, o ministro Kassab anunciou que ao somar a entrega hoje o certificado migração, chega a 627 o número de rádios migradas para o formato FM. E ao todo, mais de 25 milhões de ouvintes serão beneficiados com a migração.

Representante mato-grossense

A Rádio Regional AM faz parte do Grupo de Rádio Difusora de Nortelândia Ltda. É conhecida popularmente por ser “A voz do médio norte” foi fundada em julho de 1989 por José Leite de Barros. Atualmente a emissora funciona na sintonia 790 Khz com a potência de Potência: 1000 W, que alcança os seguintes municípios: Nortelândia (onde fica a sede da empresa), Arenápolis, Nova Marilândia, Santo Afonso, Denise, Alto Paraguai, Diamantino, Barra do Bugres, Nova Olímpia, Tangará da Serra.

O conteúdo musical na programação é variado, o que caracteriza a Rádio Regional AM ser uma rádio eclética. Além de música, a emissora também produz conteúdo jornalismo, transmissões de shows, divulgação de eventos, dentre outras atividades.

*Texto alterado às 10h40 para acrescentar mais informações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *