Rollemberg exonera coronel da PMDF acusado de extorquir empresários

O chefe do Departamento de Logística e Finanças (DLF) da Polícia Militar, coronel Francisco Eronildo Feitosa Rodrigues, preso na manhã desta terça-feira (14/11), foi exonerado do cargo no fim da tarde pelo governador Rodrigo Rollemberg (PSB).

Em nota divulgada à noite, o GDF afirmou que as investigações correm em segredo de Justiça a fim de se preservar a efetividade das apurações. “Todos os casos considerados suspeitos estão sendo devidamente averiguados pela Polícia Militar por meio da Corregedoria da corporação, responsável pela instauração dos correspondentes inquéritos policiais e pelo trabalho em conjunto com o Ministério Público na elucidação desses casos”.

Os suspeitos foram alvo da Operação Mamon – termo derivado da Bíblia usado para descrever a cobiça. A ação é do MPDFT, por meio da promotoria de Justiça Militar (PJM), do Centro de Informações (CI) e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

As apurações – feitas com a colaboração da Corregedoria da PMDF – também identificaram, entre outros crimes, que responsáveis pelos pagamentos no Departamento de Logística e Finanças da PM faziam “vista grossa” para um esquema envolvendo a manutenção das viaturas Mitsubishi modelo Pajero. Peças de veículos deveriam ser trocadas, mas não eram substituídas, apesar de os pagamentos serem feitos.

Com informações do Metrópoles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *