PF faz buscas em casas de políticos e órgãos públicos em MT, DF e SP após delação de ex-governador

Polícia Federal e o Ministério Público Federal cumprem nesta quinta-feira (14), mandados de busca e apreensão expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 64 endereços.

A Operação Malebolge é uma sequência da Operação Ararath, que investiga desvio de dinheiro público e lavagem de dinheiro por meio de factorings clandestinas. Não há mandados de prisão.

A Operação Ararath, ocorrida em várias fases desde 2013, investiga um suposto esquema de lavagem de dinheiro e crimes financeiros em Mato Grosso. Factorings (que compram títulos, aquisição de ativos, como duplicatas, cheques, decorrentes de vendas mercantis ou de prestação de serviços) de fachada atuavam como “bancos clandestinos”, fazendo empréstimos fraudulentos.

A operação desta quinta-feira foi deflagrada após a delação do ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB). Ele firmou acordo de delação premiada e entregou provas materiais de um esquema de propina no governo dele. Entre os materiais entregues à Procuradoria Geral da República (PGR) estão vídeos que mostram deputados e ex-deputados recebendo dinheiro em espécie. Segundo Silval, o dinheiro era de propina.

Com informações do G1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *