Moro nega pedido de Lula para suspensão de interrogatórios

O juiz Federal Sergio Moro, negou ao ex-presidente Lula (PT), nesta segunda-feira (04), a suspensão dos interrogatórios do processo que analisa o suposto esquema de corrupção da empreiteira Odebrecht, que envolve o petista.

Nesta tarde, prestam depoimento o empreiteiro Marcelo Odebrecht, o executivo Paulo Ricardo Baqueiro de Melo, da companhia e o empresário Demerval de Souza Gusmão Filho.

A defesa do ex-presidente havia pedido “uma série de provas” e a suspensão do interrogatório.

Na decisão, Moro entendeu que o pedido não tem amparo legal.“Indefiro o requerimento de suspensão das audiências por falta de amparo legal”.

Lula é acusado neste processo de corrupção passiva e lavagem de dinheiro sobre contratos entre a Odebrecht e a Petrobras.

Com informações da 3 Poderes Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *