Área queimada em agosto no DF equivale a 35% da região tombada

A seca e o fogo castigam a capital do país. Está difícil respirar diante de tão baixa umidade e a cortina de fumaça no ar. Somente em agosto deste ano, 3.997,72 hectares de verde foram consumidos pelas chamas, o equivalente a quase 4 mil campos de futebol ou 35,5% da área urbana tombada de Brasília, cuja metragem é de 112,25km², segundo o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

O número supera o de agosto de 2016 — 3.698,14 hectares — e o do mesmo período de 2015, quando foram destruídos 3.149,49 hectares, segundo o Corpo de Bombeiros. No mês que terminou nesta quinta-feira (31/8), a corporação atendeu a pelo menos 2,4 mil ocorrências de incêndios, o que também é mais do que agosto do ano passado, período em que os bombeiros receberam 1,5 mil chamadas.

“No dia 22, nos deslocamos para 145 ocorrências. O recorde do mês de agosto”, diz o tenente-coronel Glauber De La Fuente, comandante do Grupamento de Proteção Ambiental do Corpo de Bombeiros. É uma média de seis casos de incêndio por hora. Nesta quinta (31), o fogo atingiu até mesmo a Esplanada dos Ministérios.

Com informações do Metrópoles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *