Com Brasil quebrado, Temer se hospeda num dos hotéis mais caros do mundo

Pregando a necessidade de um arrocho fiscal sem precedentes para cobrir o rombo das contas públicas, que deve chegar a R$ 159 bilhões neste ano, cortando gastos com programas sociais e parecendo não se importar com os quase 14 milhões de Brasileiros desempregados, Michel Temer e sua comitiva, que estão em viagem à China, se hospedaram no Ritz Four Seasons, um dos hotéis mais luxuosos de Lisboa. Ali, durante a alta temporada, as diárias variam de US$ 480 a US$ 15.100.

Em Lisboa, Temer e sua comitiva ficaram por um período de cerca de 15 horas antes de embarcar para a China para participar de uma reunião do Brics. O Palácio do Planalto não informou o custo da estadia e nem as razões da escala em Portugal.

Há duas semanas, o governo anunciou uma série de cortes orçamentários e o aumento do déficit nas contas públicas para este ano e para os próximos três anos. Os cortes sobre o funcionalismo federal incluem o adiamento do reajuste dos servidores. Em paralelo, o governo também anunciou um megapacote de privatizações, que inclui o sistema Eletrobras, visando reforçar o caixa.

Com informações do Brasil247.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *