Polícia Federal prende quadrilha de tráfico internacional de drogas

A fronteira Brasil-Paraguai volta a ser alvo de ações da Polícia Federal (PF) contra o tráfico internacional de drogas. Nesta terça-feira (29/8), A Operação Coroa cumpre sete mandados de prisão preventiva e nove de busca e apreensão nas cidades de Caxias do Sul (RS) e Ponta Porã (MS), e em Assunção, no Paraguai. A ação é para desarticular um grupo criminoso responsável pela distribuição de drogas nos dois estados.

Segundo a PF, os integrantes da quadrilha compravam cocaína diretamente de um narcotraficante brasileiro que está preso no Paraguai. Conhecido pela admiração por coroas, por meio de tatuagens e imagens – o que deu nome à operação -, o investigado responde a processos por quatro operações da Polícia Federal no Rio Grande do Sul – Matriz, Panóptico, Suçuarana e Argus. Três processos para sua extradição estão em tramitação.

A droga ingressava no Brasil por Ponta Porã (MS) para ser comercializada na Serra Gaúcha”, conforme afirmou a corporação. Durante as investigações, iniciadas em março, foram apreendidas mais de 4,6 toneladas de drogas, entre cocaína e maconha, em ações realizadas em Veranópolis (RS), Maringá (PR) e Campo Grande (MS). Dois caminhões e um automóvel utilizados no transporte também foram apreendidos e três homens presos em flagrante. “Estima-se que o lucro obtido a cada carga de cocaína transacionada chegue a meio milhão de reais, o que possibilitava uma vida de ostentação a um dos líderes do grupo”, afirmou a PF em nota.

Com informações do Correio Braziliense. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *