Moro aceita denúncia, e Aldemir Bendine e outros cinco viram réus na Lava Jato

O juiz federal Sérgio Moro aceitou denúncia contra o ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil Aldemir Bendine e outras cinco pessoas, nesta quinta-feira (24). Agora, todos eles são réus na Operação Lava Jato e respondem ao processo na Justiça Federal do Paraná.

A denúncia contra eles, feita pelo Ministério Público Federal (MPF), trata dos crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa e embaraço às investigações.

Bendine foi preso em 27 de julho, na 42ª fase da Operação Lava Jato, suspeito de receber R$ 3 milhões em propina do Grupo Odebrecht. Leia aqui a íntegra da denúncia contra Bendine.

Além de Bendine, tornaram-se réus:

Álvaro José Novis, doleiro

André Gustavo Vieira da Silva e Antônio Carlos Vieira da Silva Júnior, irmãos suspeitos de operar os repasses e lavar o dinheiro de propina;

Marcelo Odebrecht e Fernando Reis, delatores da Lava Jato

Quando a denúncia foi feita, na terça-feira (22), a defesa de Aldemir Bendine disse que a atuação dele à frente do Banco do Brasil e da Petrobras se pautou pela legalidade e que vai demonstrar isso na ação penal com documentos e testemunhas.

João Mestieri, advogado de Álvaro José Novis, afirmou que o cliente dele também é delator da operação e que ele não é doleiro. “Ele fazia parte de um segmento de várias pessoas que recebiam uma data, um valor, uma senha e fazia o dinheiro sair daqui para ali”.

Com informações do G1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *