Metade da bancada do DF na Câmara tem dívidas com a União

A crise econômica que assola o Brasil nos últimos anos deixou cerca de 61 milhões de brasileiros endividados. E não são só os cidadãos comuns que estão inadimplentes ou precisaram parcelar débitos para regularizar as contas. Deputados federais, que ganham um salário bruto mensal de R$ 33.763,00, além de benefícios, também estão na lista de devedores com dívidas junto à União. Na bancada do Distrito Federal na Câmara, quatro dos oito parlamentares aparecem envolvidos com pendências próprias ou de empresas às quais estão vinculados.

Segundo levantamento da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), o deputado federal do DF que aparece vinculado à dívida mais alta é Rôney Nemer (PP). Duas empresas das quais o parlamentar é sócio estão na lista de devedores da União: a Nemer Incorporadora e Imobiliária Ltda. e a San Matheus Empreendimentos Imobiliários Ltda.

A primeira possui um débito de R$ 138,2 mil com o governo federal. Já a segunda deve R$ 141 mil entre pendências de FGTS, previdenciárias e não previdenciárias. Juntas, as duas empresas precisam pagar R$ 279,2 mil aos cofres públicos.

Informações do portal de notícias Metrópoles. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *