Passados 40 anos de sua morte, uma certeza permanece: Elvis Presley foi a primeira divindade do rock. A figura do cantor segue viva no coração e na mente das pessoas. Nascido na pequena Tupelo, no Missisipi, em 8 de janeiro de 1935, o astro ouvia uma grande variedade de estilos musicais. Uma amálgama de sons e referências refletidas em sua versatilidade musical.

Em 1948, em busca de uma vida melhor, o pai do astro, Aaron Presley, botou as tralhas da família num carro e partiu com todos para Memphis. Lá, foram morar num conjunto habitacional do governo, o Lauderdale Courts. Na escola, Elvis foi um aluno tímido que, no último ano do secundário, começou a desabrochar artisticamente. Um dia, então, abiscoitou o prêmio nacional de talentos promovido pelas escolas.

O emprego de caminhoneiro na Crown Electric, conquistado após concluir o segundo grau, parecia ser a grande oportunidade na vida. Porém, em 1953, o beijo da sorte sorriu para ele. Foi quando, por apenas US$ 3,98, gravou um disco de 48 rotações com as canções: “My Happiness” e “That’s When Your Heartaches Begin”, ambas do grupo popular de negros, Ink Spots. Sua trajetória começou a mudar vertiginosamente. A história da música também.

Com informações do Metrópoles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *