Cândido Vaccarezza é preso em nova fase da Operação Lava-Jato

O ex-lider do governo Lula e Dilma e ex-deputado federal Cândido Vaccarezza, ex-PT, foi preso temporariamente em nova fase da Operação Lava-Jato em São Paulo. Nesta sexta-feira (18/8), a Lava-Jato realiza, pela primeira vez, duas fases ao mesmo tempo. As 43ª e 44ª etapas, Operação Sem Fronteiras e Operação Abate, respectivamente, ocorrem em São Paulo e no Rio de Janeiro. Foram cumpridas 46 ordens judiciais distribuídas em 29 mandados de busca e apreensão, 11 mandados de condução coercitiva e 6 mandados de prisão temporária em São Paulo (SP), Santos (SP) e Rio de Janeiro (RJ).

Vaccarezza é suspeito de receber propina da empresa Odebrecht, de acordo com inquérito autorizado pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF).

Na chamada Operação Sem Fronteiras é investigada a relação espúria entre executivos da Petrobras e grupo de armadores estrangeiros para obtenção de informações privilegiadas e favorecimento obtenção de contratos milionários com a empresa brasileira.

Com informações do Correio Braziliense. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *